site

  Intranet | Webmail | Mapa do Site | Ficha Técnica

Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017


Página Oficial da Freguesia do Coentral

Página Oficial da Freguesia de Castanheira de Pera




  Início » Turismo e Lazer » Laínte Voltar  


:. L A Í N T E   D A   C A S C O N H A .:



“Áques larfamos Laínte” – Aqui falamos Laínte 

No século XIX, o espírito inventivo dos Castanheirenses levou à criação do Laínte da Casconha. Laínte é uma modificação da palavra latim. Falar latim significa, em linguagem coloquial, “expressar-se de um modo que ninguém entende” – tem este significado devido ao latim em que eram, antigamente, celebradas as missas e que ninguém entendia. Assim, Laínte significa linguagem que só os iniciados entendem e Casconha uma palavra inventada que significa Castanheira de Pera. 

Ribeira de Pera

O Laínte tem por base a língua portuguesa, utilizando as mesmas regras gramaticais (tempos verbais, substantivos, …). Os vocábulos são, na sua maioria, formados a partir da transformação das palavras em português.

Trata-se de uma linguagem exclusivamente oral que era utilizada pelos vendedores ambulantes de tecidos de Castanheira de Pera.
 

Fábrica dos Esconhais

Esta linguagem terá surgido aquando da expansão das indústrias de lanifícios, cujos tecidos aí fabricados era necessário vender fora da região.

Homens de trouxas às costas, de burro ou de mula, percorriam o país vendendo os tecidos oriundos das indústrias de Castanheira de Pera. 

 

Interior de uma fábrica de Lanifícios

Esta situação de “andarilhos solitários” incutia-lhes um espírito de entreajuda e solidariedade. Mas também a necessidade de estarem em permanente alerta, devido à cobiça suscitada pelos tecidos que tinham para vender, assim como pelo dinheiro que transportavam, fruto da venda dos mesmos, obrigava-os a adoptar atitudes defensivas. 
É neste contexto de entreajuda e necessidade de defesa que surge o Laínte.

Recriação de uma Feira

Esta linguagem permitia, assim, aos vendedores comunicar entre si sem que os clientes entendessem e, em caso de assalto, combinar uma estratégia para se defenderem. Em meados do séc. XX, devido às alterações da forma de comercializar os tecidos (confecções, …), os vendedores deixam de andar de terra em terra e fixam-se.

Com esta fixação do comércio, deixa de haver necessidade de uma autodefesa e de um espírito de entreajuda e, como tal, também de uma linguagem própria – o Laínte – começa, assim, a deixar de ser falado.

Recriação de uma Feira

Os últimos vendedores ambulantes, que sabiam falar Laínte, foram: o Sr. Valdemar Rosinha, o Sr. José da Silva Mendes e o Sr. Virgílio.

Actualmente, o Sr. Domingos Alves é a única pessoa que ainda sabe falar laínte.
Este castanheirense dedicou-se ao estudo desta linguagem, realizando um trabalho de recolha junto de antigos vendedores ambulantes e seus familiares. Esta recolha, efectuada ao longo de muitos anos, irá culminar com a publicação de um livro, que ainda se encontra em fase de elaboração. Para além do trabalho de recolha, o Sr. Domingos também procede à divulgação do laínte.

Dicionário

Laínte Português
Alcatrefo
Alçomo
Almodovo
Artife
Batora
Broca
Caloio
Carmar
Coideia
Dronha
Garpar
Ladrilho
Larfar
Loreta
Maneza
Monas
Nampo
Obridoga
Paontra
Pedêça
Pissalta
Razopa
Rodélos
Verdunhar
Alfaiate
Almoço
Algodão
Pão
Barato
Casa
Caloteiro
Comprar
Bêbado
Dinheiro
Pagar
Ladrão
Falar
Água
Mulher
Batatas
Pano
Obrigado
Patrão 
Peça
Rapariga
Rapaz
Tostões
Vender

Pequeno Diálogo em Laínte

- Choina codêpia, hoidêje a rêfa verse cópia. 
- Insara amidêgo, o cames verdunhou timum de faiarra.
- Taêmes o cames, jordamos atilém ao cadéfe bercher um moiteira copio? 
- Insara, o cames taêmes jorda carmar cidorras pra cachinar.

Tradução em Português

- Boa noite, hoje a feira foi boa. 
- É verdade amigo, eu vendi muita fazenda.
- Também eu, vamos além ao café beber um copo de vinho?
- Sim, eu também vou comprar cigarros para fumar.


Elaborado por: Carla Caetano e Sónia Cardoso

.: O Tempo :.
.: PEPAL :.

Click para entrar

.: PDM :.

Click para entrar

 
.: Praia das Rocas :.

Click para entrar no Site Oficial da Praia das Rocas

.: Parque de Estacionamento
e Área de Serviço para Autocaravanas :.
Saiba Mais
.: Votação :.
O que acha da nova imagem do Município?
Gosto bastante !
Muito interessante !
É preciso Inovar !
Razoável !

votações anteriores
.: Ligações :.
Directório de Empresas
Ligações Institucionais
Mapa do Portal do Município
.: Casa do Tempo :.

Mais exposições
.: Portugal sem fogos :.
.: REDE DE BIBLIOTECAS DE MONSALUDE :.

Censos 2011

.: EDITAL - FORNECIMENTO DE ÁGUA :.

FORNECIMENTO DE ÁGUA - RESTITUIÇÃO DE CAUÇÕES

.: CENSOS 2011 :.

Censos 2011

.: Compras Públicas :.

Compras Públicas

.: PmatE :.

Iniciativa Emprego 2010

.: Recrutamento :.

Recrutamento Marinha

.: SOS CRIANÇA :.

LIGA 116111
Gratuito
Anonimo
e Confidencial

2ª a 6ª f das 9h as 19h
soscrianca@iacrianca.pt

.: PORTAL SNS :.

PORTAL SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE

.: LIVRO RECLAMAÇÕES :.

LIVRO DE RECLAMAÇÕES ONLINE

 




     
© 2006 - 2017 Município de Castanheira de Pera - Todos os Direitos Reservados
Optimizado para N 7.2+ e IE 6+ a uma resolução mínima de 800 X 600